Refletindo | A rotina de um relacionamento pode nos afastar?!?!


O post de hoje é rapidinho, mas a mensagem dele não deixa de ser interessante...

A rotina de um relacionamento pode nos afastar do que/de quem realmente importa?!?!


Será que com a rotina, o dia a dia, as obrigações e distrações, não estamos nos distanciando daquela pessoa com quem escolhemos dividir a nossa vida, a ponto de não conseguirmos mais apenas curtir a companhia do outro ou simplesmente conversar?! 

Que tal desconectar um pouco do mundo exterior e se conectar um pouco mais com essa pessoa especial que está ao seu lado?!

Bom final de semana pessoal!!!



Conversando | "Não alimente seu fotógrafo"...?!?!

Oi gente bonita...

Demorei mais voltei... A tal dengue me pegou, fiquei ruim, mas agora voltando ao normal aos poucos... Ainda com um pouco de dores nas costas, mas sem febre, vômito, dores no corpo e cabeça, e todas aquelas "coisas maravilhosas" que aquele mosquitinho nos dá... 

Mas vamos ao assunto de hoje... "Não alimente seu fotógrafo!"

nophotogheader

Sim... Você leu direitinho... Essa barbaridade, foi dita por uma organizadora de casamento (Sandy Malone) em um artigo para a revista Brides... 

O título do artigo é "Quais prestadores de serviços você deve alimentar no seu casamento", o que pra mim já é um despropósito, já que, as pessoas estão ali trabalhando e dando o melhor de si para que o seu casamento saia conforme planejado e sonhado, e o mínimo que qualquer ser humano necessita é de alimentação/bebida para estar bem para fazer o seu trabalho... 

Mas segundo o artigo dessa organizadora, os noivos devem observar se os contratos dos prestadores de serviços incluem a alimentação... Caso não incluam, aí valeria o que ela chamou de "bom senso"... Masssss, essa regra não valeria para os fotógrafos ou outros fornecedores que trabalhariam "apenas durante o casamento"...

A explicação dela é a seguinte:
"Quanto a outros fornecedores, a minha regra geral é que, se você estiver trabalhando apenas o casamento em si - cinco ou seis horas - deve cuidar da sua própria alimentação ou levar um lanche para comer na área de descanso dos funcionários, se você não consegue sobreviver ao turno".
" Um fotógrafo , por exemplo, deve ser tirar fotos na hora do jantar de casamento (com algumas pausas para permitir que as pessoas possam se alimentar sem uma câmera em suas caras)".


A exceção segundo ela seria "para os fotógrafos que vem de fora da cidade e que ficam em alojamentos que não têm cozinhas ou serviço de quarto".

O mais interessante é que a lista de "quem você deveria alimentar" incluía as organizadoras de casamento (o que ela é) sem questionamentos, mas os demais prestadores entravam em todas essas listas de regras/exceções/proibições...

Esse artigo infeliz, causou revolta em vários fotógrafos e noivas do mundo todo, comentários zangados no Twitter e inclusive repercussão aqui no Brasil... A confusão foi tanta que o artigo estava disponível nesse link no site deles, mas depois do bafafa, simplesmente foi retirado do site, sem nenhuma explicação... 


Eu devo dizer que concordei em gênero, número e grau com a revolta de fotógrafos e noivas, que acharam esse artigo e essas recomendações absurdas...

Para começar, acho difícil que um fotografo trabalhe apenas cinco ou seis horas durante a festa, já que hoje em dia existem os ensaios pré-casamento, onde são feitas fotos da noiva ou dos noivos se arrumando... Mesmo que não sejam feitas as fotos pré-casamento, o fotógrafo e sua equipe são os primeiros a chegar no local (tanto no local da cerimônia, como no local da festa) pois eles precisam registrar todos os detalhes de arrumação e decoração, sem a presença de pessoas...

Só nessa brincadeira, já se ultrapassam as tais cinco/seis horas de festa... Além disso, a recomendação de alimentação, por questão de saúde mesmo, é que todos nos alimentemos a cada 3 horas... Por isso falar que "você tem que conseguir sobreviver ao seu turno" é meio absurdo...
  



Vocês já seguraram uma câmera ou filmadora profissional...?!?! Já sentiram o peso daquilo...?!?! Agora imagina ter que carregar todo aquele peso, mas demais equipamentos (lentes, baterias, câmeras reservas) e ainda ter que carregar uma mochila com seu lanchinho porque não pode comer nada da festa...?!?! 

E a criatividade, posições, sufocos, locais que eles entram para tirar aquela "foto perfeita"...?!?!?! O vida dura hein...!!! 



Nem o fotógrafo, nem os outros prestadores de serviços, vão parar de trabalhar, para sentar formalmente em uma mesa e serem servidos por 40 minutos durante o almoço/jantar, enquanto a festa está rolando e os momentos mais importantes estão acontecendo... A ideia não é essa...

Mas, eles podem se alimentar em pequenos intervalos, com comidas rápidas, finger foods, salgadinhos, água, suco, bolo, torta, etc, etc, etc... Porque convenhamos que existe uma variedade tão grande de coisas que são servidas em casamentos e que são práticas de comer, que podem ser oferecidas aos prestadores de serviços sem nenhum impacto na festa ou na qualidade do trabalho deles...

Então, no meu caso eu digo "Sim, alimente o fotógrafo e os demais prestadores de serviços"... Oriente ao seu/sua organizador(a) de casamento a servir sim os prestadores de serviços... Inclua na sua lista de convidados entregue ao buffet a quantidade aproximada de prestadores de serviços para fornecer alimento a eles, afinal, quando as pessoas se sentem bem acolhidas no ambiente, realizam sim um trabalho incrivelmente melhor...



Como li em um comentário de um fotógrafo brasileiro sobre o assunto "Sempre prezo pelo melhor pelo meu cliente desde que seja recíproco.... Senão pode ter certeza que será feito somente o necessário.... Sabe aquele esforço que vc faz para tira aquela foto toda especial.... Aquele que vc deita no chão... que vc sobe no mezanino que esta trancado e vc tem que pedir a chave para o gerente do local, etc.... Essa foto eu não vou fazer!!!!!"


Imagens: Google Search

E aí meninas...?!?!
O que acham dessa polêmica?!?!


Você também vai amar:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...